21 jan
Viseu

Região

Covid-19: Hospital de Viseu com as enfermarias todas cheias. Mais de 1.000 casos ativos no concelho

por Redação

13 de janeiro de 2021, 17:09

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O Hospital de Viseu está já a "rebentar pelas costuras" por causa da pandemia. O São Teotónio já tem todas as suas sete enfermarias dedicadas à Covid-19 cheias, com 175 pessoas internadas. Onze dos doentes estão nos cuidados intensivos.

Este é, talvez, o maior reflexo do aumento agravado dos números de Covid-19 no concelho de Viseu durante a última semana. Entre 6 e 12 de janeiro, houve 625 novos casos de infeção na capital do distrito e também mais nove óbitos.

A Câmara de Viseu garante que já implementou o serviço de climatização na estrutura de retaguarda do Pavilhão do Fontelo, “que se encontra assim operacional e pronta para ser ativada”, o que deverá acontecer dentro de dias. Numa primeira fase, são 20 as camas disponíveis para doentes Covid que apresentem um quadro clínico já fora de uma situação aguda. 

Os dados sobre os números foram retirados do último balanço da Proteção Civil municipal. Em comparação com os dados das autoridades oficiais de segunda-feira (11 de janeiro), há mais 163 infetados em Viseu.

Os casos ativos já rondam os milhares, com um total de 1.062, mais 271 face aos dados compilados entre 30 de dezembro e 5 de janeiro.

Desde o início da pandemia, já foram registados 52 mortos por Covid-19 no concelho viseense. Desde março de 2020, Viseu teve 3.509 infetados acumulados, bem como 2.395 recuperados.

A autarquia prepara-se ainda para arrancar com a operação de vacinação nos lares de idosos do concelho. Ação essa que irá começar na próxima segunda-feira (18 de janeiro), abrangendo 1.000 pessoas entre utentes e funcionários das instituições.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts