30 set
Viseu

Região

Empresário chinês dá 91 mil máscaras a Viseu

por Redação

13 de maio de 2020, 12:12

Foto Igor Ferreira

Material foi entregue esta quarta-feira

CLIPS ÁUDIO

Um empresário chinês ofereceu 91 mil máscaras à Câmara de Viseu. O material foi entregue esta quarta-feira (13 de maio), por intermédio do embaixador português na China.

Aos jornalistas, o presidente da Câmara, Almeida Henriques, revela que as máscaras vão ser distribuídas por várias entidades, incluindo a Misericórdia, o Hospital e instituições sociais, e também para apoio ao arranque das aulas no secundário. “Esta doação, que fomos buscar esta madrugada a Lisboa, representa cerca de 50 mil euros de oferta, o que é um valor muito significativo”, acrescenta. A oferta chega de “Jaohn Zha, que é um empresário de Guangzhou, a província que tem estado a investir bastante em Portugal”.

Almeida Henriques garante que estes equipamentos de proteção agora oferecidos estão certificados e são devidamente seguros. O autarca critica também o Estado por não ceder material de proteção às instituições sociais do concelho, tendo de ser o município a substituir-se ao poder central.

Entretanto, a Câmara de Viseu tinha prometido que iria começar com a entrega de máscaras à população do concelho na semana passada. Almeida Henriques diz que houve um problema burocrático e que os equipamentos reutilizáveis vão começar a chegar à casa dos munícipes já na próxima semana.

“O procedimento concursal tem os seus trâmites. Apesar de ter havido algum aligeiramento, a autarquia não abdica de continuar a desenvolver com os seus procedimentos, dentro do que define a lei. Mesmo que se possa atrasar mais uns dias, é melhor assim do que estarmos a ser questionados por não termos feito os procedimentos devidos”, explica o autarca.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts