01 Jun
Viseu

Região

Viseu: Feira Semanal reabre na próxima semana, mas só para vender produtos para plantar

por Redação

05 de Maio de 2020, 09:21

Foto Arquivo Jornal do Centro

Feirantes defendem abertura dos produtos básicos, mas temem multidões

CLIPS ÁUDIO

A Feira Semanal de Viseu volta a receber clientes na próxima semana, mas apenas para a venda de plantas e árvores.

A abertura limitada é bem vista pela Associação de Feirantes das Beiras. Mesmo assim, em declarações ao Jornal do Centro, o presidente da associação, Delfim Almeida, defende que a venda de bens essenciais também devia ser permitida numa primeira fase.

“É uma medida que está a ser implementada no resto do país, onde os mercados e as feiras estão a reabrir com produtos básicos. Em Viseu, devia ser a mesma coisa”, afirma o feirante, que defende que o ideal seria que as feiras reabrissem a 18 de maio.

Delfim Almeida diz ainda que os feirantes estão preparados para retomar o negócio, mas teme que se formem multidões. “Os feirantes sabem que têm de cumprir e que têm de ter máscara, viseira, álcool na banca e um cartaz afixado. As regras são consensuais. O problema é como se controla uma possível multidão”, sublinha.

Há quase dois meses que não eram realizadas feiras. As queixas dos feirantes têm chegado à associação liderada por Delfim Almeida.

O presidente fala de queixas de “insuficiência económica e dificuldades mesmo graves”.

“Não é fácil, um feirante dependia basicamente disto. Toda a gente tinha a sua vida organizada e, de um momento para outro, foi tudo por água abaixo. Muita gente está a passar dificuldades. Raro é o feirante que está organizado no nível oficial”, afirma lamentando ainda que haja muitos poucos apoios para estes comerciantes.

Segundo o feirante, cerca de 90 por cento dos feirantes trabalham por conta própria.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts