28 fev
Viseu

Saúde

Covid-19: transmissão nos 0,66 indica redução de casos em todo o país

por Redação

19 de fevereiro de 2021, 18:09

Foto Igor Ferreira

CLIPS ÁUDIO

O índice médio de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 está nos 0,66, representando uma tendência de redução de novos casos de Covid-19 em todas as regiões do país, anunciou esta sexta-feira (19 de fevereiro) o Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA).

“Os resultados indicam uma tendência decrescente de novos casos ao nível nacional em todas a regiões do país”, refere o INSA no relatório de situação sobre a curva epidémica da infeção pelo novo coronavírus.

A 11 de janeiro, o Rt médio situava-se nos 0,77, um valor que o primeiro-ministro, António Costa, considerou na altura ser “o mais baixo que o país já teve desde o início da pandemia”, na primavera de 2020.

Segundo os dados do INSA agora divulgados, todas as regiões do país encontram-se com um Rt – o número médio de casos secundários que resultam de um caso infetado pelo vírus - abaixo de 1.

As estimativas epidemiológicas apontam para um Rt de 0,64 nas regiões Norte, Centro e Alentejo, de 0,66 na região Lisboa e Vale do Tejo, de 0,65 na região do Algarve, de 0,63 na região autónoma dos Açores e de 0,88 na região autónoma da Madeira.

Segundo o INSA, a partir de 18 de janeiro verificou-se uma redução acentuada do Rt, mas, a partir de 11 de fevereiro, registou-se um ligeiro aumento, o que sugere “um desacelerar da tendência de decrescimento da incidência de SARS-CoV-2” nesse período.

“Desde o início de agosto até meio de novembro, o Rt esteve acima de 1 durante 107 dias, revelando uma fase de crescimento sustentada. Desde meio de novembro e até 25 de dezembro, o Rt manteve-se abaixo de 1, representando uma fase de decréscimo sustentada da incidência de infeção por SARS-CoV-2”, refere o INSA.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.441.926 mortos no mundo, resultantes de mais de 110,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.821 pessoas dos 794.769 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts