28 Set
Viseu

Cultura

Rua Direita é o principal palco do Cubo Mágico esta sexta-feira

por Redação

07 de Agosto de 2020, 14:43

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O 18.º dia do Cubo Mágico, em Viseu, prepara os visitantes para aquele que vai ser o terceiro fim de semana de realização.

Esta sexta-feira (7 de agosto), a Rua Direita vai ser o principal palco da agenda do dia. Lá, vai cantar-se fado com Jorge Novo, que atua em três concertos marcados para as 17h30, as 19h30 e as 21h30. Na mesma rua, toca também o DJ Jabuticabeatz a partir das 21h00 no Bairro Líquido.

Ainda na Rua Direita, entre as 17h30 e as 23h00, é apresentado o espetáculo “Seguranças” no âmbito do projeto artístico “0K (Zero Kills/Zero Mortos)”, dinamizado pelo encenador Jorge Fraga.

No centro histórico, na Incubadora das Indústrias Criativas, a partir das 22h00, o Shortcutz propõe a curta-metragem “Quando for Tarde” de Matilde Calado, seguida de “Em Junho” de Henrique Brazão.

No Mercado 2 de Maio, às 21h00, atuam os Mosca na Sopa, que, ao som do piano, das cordas da viola, da percussão e da voz, propõem uma “sopa de sensações, de gostos e de sentidos”.

No Parque Aquilino Ribeiro, tocam às 21h30 os Bang Avenue, formados por uma dupla natural de Viseu que propõe uma viagem de experiências musicais desde a eletrónica até ao noise rock e ao psicadélico progressivo.

À mesma hora, no Campo de Viriato, pelas 21h30, decorrerá o concerto da banda viseense Índice, que já conta com 40 anos de carreira.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts