23 out
Viseu

José Mateus

OPINIÃO

Cinema, Turismo e Pandemia

16 de outubro de 2020, 16:00

CLIPS ÁUDIO

A pandemia mostrou-nos a verdadeira importância do turismo para o país, e curiosamente também a sua estreita relação com o cinema.

 

Vem isto a propósito do Festival Internacional de Cinema de Turismo (https://tourfilm-festival.com/) que este ano se realiza de 20 a 23 de Outubro em Viseu, entre o Teatro Viriato e o Politécnico. Se não fosse a pandemia, o evento teria certamente outra dimensão na cidade, mas mesmo assim representa uma demonstração da criatividade e pujança da relação virtuosa entre o turismo e o cinema. Já sabíamos que o turismo é um dos recursos e atividades principais do nosso país. Mas com a pandemia percebemos mais claramente a importância dos números, a estreita relação com a hotelaria e a restauração, o volume de empregos e o peso no PIB. E quando a crise se instalou, foi através do cinema que o turismo reagiu, que fez saber que “estava para ficar”, que seduziu os portugueses a fazerem férias cá dentro e a evitarem que a crise fosse maior.

 

A relação entre o cinema e o turismo é um tema muito estudado. Tem originado inclusivamente uma atividade promocional específica, por exemplo, para as cidades. Quantas vezes vimos um filme que se passa am Nova York ou Paris (ou Viseu), e nos apeteceu ir lá? Não é por acaso que paralelamente a este festival de cinema e à apresentação e concurso de filmes decorre a Conferência Internacional “Tourism Marketing and Destination Branding”. Alguns dos temas propostos: “turismo criativo”, “análise da experiência turística através de mecanismos de interface cérebro-computador”, “a influência dos bloggers de viagem na escolha do destino”, “saudade, vivência e lembranças: os papéis das emoções nas experiências dos turistas”, “Filosofia, Audiovisual, Cultura & Património”. Estamos em presença de um riquíssimo campo de estudos sobre “a imagem de destino” percebida pelos turistas e em que o cinema desempenha um papel crucial.

 

Neste contexto, as Regiões de Turismo e a sua atividade promocional, habitualmente acompanhada por filmes, representa um fator muito importante. E os filmes têm vindo a evoluir para um formato que ultrapassa a simples apresentação de paisagens ou a enumeração de locais e atividades disponíveis numa dada região. Até porque isso existe em todos os países e locais de destino do mundo. Agora conta-se uma história, em que o destino está presente. Ora vejam estes dois filmes, um da Região de Turismo do Centro (https://www.youtube.com/watch?v=j1J5Lif0Rmw&feature=emb_logo) e outro da Região de Turismo do Algarve (https://www.youtube.com/watch?v=STR2DCFgG10) para confirmarem como o «storytelling» nos propõe que cruzemos a nossa história e experiências pessoais com a singularidade de um lugar.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts