06 Ago
Viseu

Olho de Gato -Joaquim Rodrigues Alexandre

OPINIÃO

Querido mês

Agosto sem desbunda. Deputados caranguejos

01 de Agosto de 2020, 07:00

CLIPS ÁUDIO

1. Este é o 800º Olho de Gato, o octingentésimo, e é publicado às primeiras horas do primeiro dia do querido mês de Agosto, deste bissexto ano da peste.
Agosto, mês querido, como lembra o filme de Miguel Gomes, como canta Dino Meira. 
Agosto, mês das festas de aldeia, mês dos baptizados e dos casamentos — o Quim Barreiros diz que o melhor dia para casar é a 31 de Julho mas, já se sabe, ele recomenda isso a pensar em Agosto.
Agosto, mês querido, que para os emigrantes é “de banquetes, folias e desvarios; de alianças, prendas e leilões; de competições, invejas e ostentações; de partilhas, desavenças e brigas; de inventários, encenações e reconhecimentos; de negócios, escrituras e consumos; de planos, empreendimentos e acabamentos; de contas, arquivos e documentos; de cartórios, fazendas e bancos; de estradas, caminhos e terreiros; de pressas, excessos e bloqueios”, como enumera o sociólogo Albertino Gonçalves.



Este ano, no querido mês de Agosto que começa hoje, por causa da peste, não vai haver a desbunda nem a catarse do costume, ninguém vai “passar das marcas”. 
Este ano, no querido mês de Agosto, por causa da Covid-19, muitos emigrantes vão ficar nos países onde trabalham. Isso é péssimo, uma tristeza, embora possa alegrar alguns urbanitas parolos que os chamam “aveques”. 
Este ano, no querido mês de Agosto, por causa do maldito SARS-CoV-2, até nas praias fluviais as pessoas vão estar a fazer contas de cabeça à dita “distância social”. 
Este ano, no querido mês de Agosto, por causa do “bicho”, até os beijos dos amores de Verão vão ser dados a medo e quando a dra. Graça Freitas não estiver a ver. 

2. Antes de ir de férias, o parlamento aprovou o fim dos debates quinzenais com o primeiro-ministro. 
Esta marcha-atrás antidemocrática, cozinhada entre António Costa e Rui Rio, mereceu a oposição de 28 deputados do PS e 7 do PSD. Infelizmente, nenhum deles do distrito de Viseu. 
Os oito deputados eleitos pelos viseenses votaram pelo fim dos debates quinzenais. Oito caranguejos. Oito atrasos-de-vida. Fica registado.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts