Geral

07 de 04 de 2021, 11:14

Covid-19

Casos em Carregal do Sal “já estão a diminuir”, garante autarca

Concelho teve mais de 240 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes nas últimas duas semanas

Imagem

O presidente da Câmara de Carregal do Sal, Rogério Abrantes, garante que o foco que colocou o concelho entre os de maior incidência de casos de Covid-19 está identificado e controlado e que “já estão a diminuir os casos”.

“O nosso caso é diferente da maior parte dos outros concelhos. Aqui foi uma funcionária de um lar que já se encontrava encerrado, fazia apenas domicílios, mas uma funcionária apanhou, transmitiu às colegas e, em oito dias, passámos praticamente de zero para 29 casos”, contou Rogério Abrantes.

O concelho de Carregal do Sal é um dos municípios com maior incidência de casos de Covid-19 e faz parte do grupo que registou mais de 240 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes nos últimos 15 dias.

“Neste momento, felizmente, as coisas estão em sentido contrário. Vamos já com sete dias sem nenhum caso novo, temos 12 casos ativos, ou seja, dos 29 já recuperámos 17 e, felizmente, também não há nenhuma situação em estado grave”, contou.

Neste sentido, o autarca defendeu que, “a manter-se esta situação e a não surgir nenhuma outra idêntica, em mais uma semana, talvez, o concelho esteja já numa posição confortável, com quase nenhum caso”.

Apesar de reconhecer que “este vírus não avisa quando chega” e que por isso “é tudo imprevisível”, Carregal do Sal já estará fora deste quadro” atual no dia 15, se tudo se mantiver neste registo.

Rogério Abrantes admitiu que não vai tomar nenhuma medida extra, tendo em conta que “os casos já estão a diminuir”, mas reconheceu que “a feira vai manter-se encerrada mais uma semana para ver a evolução”.

“A feira já estava aberta para os verdes e, possivelmente, vamos mantê-la assim mais uma semana. Agora, temos de ver o que vai acontecendo e tomando medidas consoante a evolução dos casos”, admitiu.

O autarca de Carregal do Sal foi um dos sete que reuniu na terça-feira (6 de abril), via online, com o primeiro-ministro, António Costa, a par com os autarcas de Alandroal, Moura, Odemira, Portimão, Ribeira de Pena e Rio Maior.

António Costa anunciou que “será reforçada a fiscalização pelas forças de segurança nos municípios com maior incidência de casos de Covid-19 e intensificadas as inspeções às condições sanitárias de habitações temporárias de obras ou colheitas”.

Mais Notícias