Geral

25 de 03 de 2021, 18:18

Lifestyle

Reação alérgica grave

Uma reação alérgica grave pode declarar-se de forma súbita. Como tal, precisa de atuar com rapidez e de pedir ajuda imediata

Imagem

As reações alérgicas verificam-se porque o nosso sistema imunitário atua de forma exagerada contra alguns produtos com os quais entramos em contacto. Existem reações alérgicas ligeiras, moderadas e graves, sendo que este artigo se refere apenas às reações alérgicas graves.

Uma reação alérgica grave pode declarar-se de forma súbita, em poucos minutos após o contacto com um produto alergénico e constitui risco de vida para a vítima. Como tal, precisa de atuar com rapidez e de pedir ajuda imediata.

Sinais de uma reação alérgica grave incluem:
- Olhos vermelhos, lacrimosos e inchados
- Uma aparência geral congestionada
- Erupção vermelha, especialmente em torno da boca e do pescoço
- Dificuldade em respirar com sensação de aperto no peito
- Inchaço da boca e garganta, que pode agravar a dificuldade respiratória
- Dores abdominais e possibilidade de náuseas e vómitos
- A vítima pode ficar agitada, assustada ou ter a sensação de morte iminente

1 - Perante uma vítima com sinais/sintomas de uma reação alérgica grave, ligue de imediato 112!
2 - Se a vítima ainda se encontrar em contacto com o alérgeno, deve afastá-lo ou, em caso de ferrão de abelha, retirá-lo.
3 - Se a vítima possuir um auto-injetor de adrenalina, deverá administrá-la na região da coxa, se necessário mesmo por cima da roupa.
4 - Ajude a vítima a sentar-se na posição mais confortável para facilitar, a respiração.
5 - Mantenha a vigilância relativamente à evolução dos sinais/sintomas da vítima, verificando a respiração, o pulso e o estado de consciência, enquanto aguarda a chegada do socorro.
6 - Se a vítima ficar muito pálida e a pulsação estiver fraca, deite-a de lado, com as pernas elevadas.
7 – Caso a vítima agrave os sinais de dificuldade respiratória e os meios de socorro ainda não tenham chegado, ligue de novo 112 para eventual validação de uma segunda dose de adrenalina.

A emergência médica começa em si. Colabore com o INEM. Juntos, podemos salvar vidas!

Mais Notícias

16 de 04 de 2021, 17:14

Batidas e cantares tradicionais em

O espetáculo junta o som, o vídeo e a performance ao vivo. A parte sonora contará com música de Pedro Ribeiro, com batidas irregulares e ritmadas. À música, Carlos Correia juntou a poesia in...

16 de 04 de 2021, 17:04

Hipoglicemia

Se a vítima estiver inconsciente não lhe deve dar nada a beber. Deve, sim, colocar uma papa de açúcar no interior da boca (bochechas)