Geral

07 de 04 de 2021, 11:44

Agenda

Três dias de festival online para ouvir o interior

Festival “Descobre o Teu Interior” arranca esta quinta-feira para discutir, refletir e debater sobre o interior de Portugal

Imagem

O festival “Descobre o Teu Interior” arranca esta quinta-feira (8 de abril) para discutir, refletir e debater sobre o interior de Portugal, o seu estado e os impactos da pandemia, entre outros temas.

O evento, que decorrerá online, vai contar com vários palcos digitais que, além do debate, também privilegiarão a música e o cinema português e a programação trazida por municípios parceiros, como Guarda. A organização está a cargo do portal Gerador.

A iniciativa vai ter lugar até sábado (dia 10) e juntar várias personalidades da sociedade portuguesa, da política à cultura, passando pelo turismo.

Nesta quinta-feira, no palco VisitPortugal, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, dá início ao primeiro painel do Festival, dedicado à internacionalização do interior como destino turístico. Segue-se um debate entre o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, e o diretor da agência Partners, Tomás Froes, sobre como aumentar a notoriedade dos territórios do interior a nível internacional, com consequência na captação de turistas estrangeiros.

No final, um conjunto de pequenas entrevistas irão revelar o testemunho de quem decidiu mudar-se para Portugal e desenvolver a sua atividade ou criar negócios turísticos com base no interior do país.

Na sexta-feira (dia 9), o programa foca-se na discussão do estado atual do interior e as consequências deixadas pela pandemia, contando com oradores como a secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, e também Adolfo Mesquita Nunes, João Teixeira Lopes, Joana Mortágua, Rui Horta, Magda Henriques e Tiago Pereira.

No sábado, serão debatidos temas como o turismo interno, a cultura, a educação, a sustentabilidade e o futuro do interior do país. Neste dia, os oradores incluem a presidente da Associação da Hotelaria de Portugal, Cristina Siza Vieira, o ambientalista Francisco Ferreira da associação Zero, o secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, o escritor Afonso Cruz, o pedagogo José Pacheco e Margarida Pinto Correia, entre outros. A transmissão do festival será feita através do site gerador.eu.

O organizador e presidente do Gerador, Tiago Sigorelho, refere que este evento representa “um importante passo na estratégia de continuamente falarmos do interior de Portugal como um dos pilares da nossa atividade” e também como “algo que se vai notar, para além do festival, nas vertentes editorial e educacional já nos próximos meses”.

O festival conta ainda com palcos virtuais que receberão a programação paralela, como o Palco Música Portuguesa a Gostar dela Própria, um palco dedicado ao cinema português com a curadoria da Academia Portuguesa de Cinema e pavilhões com programação dos municípios parceiros do festival, entre outros espaços.

O projeto vai estender-se a outras iniciativas como a produção de conteúdos regulares, a capacitação de agentes turísticos e a produção de conhecimento através de estudos de mercado.

Os bilhetes para o festival estão à venda no site do Gerador. Todos os conteúdos vão ficar disponíveis para consulta, até ao fim do ano, para os detentores de bilhetes.

Mais Notícias