Geral

12 de 06 de 2023, 09:38

Lifestyle

O feitiço da “doença que não tem cura”

O Núcleo de Cuidados Paliativos Pediátricos do Centro Hospitalar Tondela-Viseu é constituído por um conjunto de diferentes profissionais (médicas, enfermeiras, terapeutas, assistente social, psicóloga e professora) que trabalham em equipa, unindo esforços e recursos por um objetivo comum: prestar cuidados diferenciados e globais a crianças/adolescentes com doença crónica complexa, permitindo que estes e as suas famílias vivam com mais qualidade

reino

Era uma vez, num reino bem pertinho daqui… havia um belo castelo onde viviam príncipes e princesas, reis e rainhas e onde toda a gente era muito feliz.
Em redor do castelo podiam ver-se grandes parques e jardins cheios de flores coloridas que perfumavam o ar. Havia animais a espreitar das suas tocas e passarinhos a chilrear felizes. Aqui o sol brilhava todos os dias e a chuva aparecia, de vez em quando, para regar as flores e depois fazer aparecer lindos arco-íris que cruzavam os céus. Era aqui que os príncipes e as princesas brincavam todos os dias sem nunca se cansarem. Neste reino não havia lugar para tristezas nem doenças!
Um dia o sol apagou-se, o céu ficou cinzento e alguns príncipes e princesas ficaram muito doentes! O reino tornou-se triste, sem brilho e sem cor.
Parece que uma bruxa má lhes lançou um feitiço inquebrável da “doença que não tem cura”!)
Os reis e rainhas, pais deles, ficaram muito tristes sem saber como haviam de ajudar os seus filhos.
Os príncipes e as princesas já não conseguiam brincar como dantes, alguns tinham muitas dores, outros deixaram de conseguir andar, outros que deixaram de falar ou que tinham dificuldades em comer e havia ainda outros que deixaram de conseguir respirar sozinhos!!!
Todos estavam tristes e desanimados, sem saber o que fazer…
Eis que, um belo dia, passaram por aquelas bandas duendes mágicos e fadas cintilantes que ficaram muito admirados ao ver aquele reino cinzento, conhecido por ser tão alegre e colorido.
Decidiram aproximar-se e bater à porta do castelo, para saber o que estava a acontecer.
Um dos reis veio abrir a porta e contou-lhes o que tinha acontecido.
Foi então que os duendes e as fadas decidiram ficar, para ajudar a cuidar daqueles belos príncipes e princesas doentes.
Formaram a “super equipa de ajuda ao reino” para ajudar aquelas crianças a viverem melhor e a não se sentirem tão doentes.
Arranjaram poções mágicas para aliviar as dores, construíram cadeiras de rodas e aparelhos para os príncipes e princesas puderem voltar a passear nos jardins. Alguns ajudavam a alimentar quem não conseguia e algumas fadas até conseguiram fazer magia para ajudar estas crianças a voltar a falar ou comunicar de outras formas!
A “super equipa” conseguiu até arranjar uma máquina para ajudar a respirar, para aqueles que tinham dificuldades!
Esta ajuda toda fez com que os reis e rainhas daquele castelo se sentissem menos tristes, ao verem os seus filhos tão bem cuidados e mais felizes!
À medida que o tempo ia passando, o sol começava a aparecer, de vez em quando, trazendo um brilho especial àquele reino.
Apesar de não conseguirem quebrar o feitiço da bruxa má, os duendes e as fadas formaram uma equipa vencedora que tornou a vida destes príncipes e princesas doentes muito melhor!
Sabiam que, o que aconteceu neste reino, também acontece aqui onde nós vivemos?
Pois é… há meninos e meninas que estão doentes e que precisam da ajuda desta “super equipa”.
Esta equipa chama-se Equipa de Cuidados Paliativos Pediátricos. E sabem quem são eles?
São médicos, enfermeiros, terapeutas, psicólogos, assistentes sociais e outros profissionais que vivem num castelo chamado Hospital.
São eles que ajudam a fazer com que a vida destas crianças e das suas famílias seja melhor e com menos sofrimento.

A TODOS OS PRÍNCIPES E PRINCESAS QUE FORAM ATINGIDOS PELO FEITIÇO DA “DOENÇA QUE NÃO TEM CURA”, ACREDITEM NA “SUPER EQUIPA” E NOS SEUS PODERES MÁGICOS!
ELES VÃO FAZER COM QUE SE SINTAM MUITO MELHOR E FAZER O SOL VOLTAR A BRILHAR NOS VOSSOS CORAÇÕES!

Autora: Dina Nunes, Núcleo de Cuidados Paliativos Pediátricos do Centro Hospitalar Tondela-Viseu



Nota: O Núcleo de Cuidados Paliativos Pediátricos do Centro Hospitalar Tondela-Viseu é constituído por um conjunto de diferentes profissionais (médicas, enfermeiras, terapeutas, assistente social, psicóloga e professora) que trabalham em equipa, unindo esforços e recursos por um objetivo comum: prestar cuidados diferenciados e globais a crianças/adolescentes com doença crónica complexa, permitindo que estes e as suas famílias vivam com mais qualidade.
Neste dia em que comemoramos mais um Dia da Criança, relembramos que brincar é um direito fundamental de todas as crianças! Desejamos a todos um "Feliz Dia da Criança"!

25 de 02 de 2024, 12:18

Livros para assinalar Abril

Uma das quatro novas coleções intitula-se “Editores Portugueses”, que resulta de conversas de Jorge Reis-Sá, ex-diretor das Quasi ...