Geral

07 de 04 de 2021, 20:30

Diário

Óbito/Jorge Coelho: "Desapareceu mais uma grande voz na defesa da região", diz João Cotta

O ex-dirigente socialista e antigo ministro Jorge Coelho morreu esta quarta-feira na Figueira da Foz, de doença súbita

Imagem

O presidente da Associação Empresarial da Região de Viseu (AIRV), João Cotta, diz que se perdeu "mais grande voz na defesa da região". O empresário reagiu com "choque" à morte de Jorge Coelho, que era presidente da Assembleia Geral da AIRV.
"Em poucos dias desapareceram duas grandes vozes na defesa da região, de quadrantes diferentes, mas duas grandes vozes", desabafa João Cotta, referindo-se ao desaparecimento, no último domingo, de Almeida Henriques.
"Faleceu o presidente honorário da AIRV e agora o presidente da Assembleia Geral. Perdas irreparáveis", reforça.

O ex-dirigente socialista e antigo ministro Jorge Coelho morreu esta quarta-feira na Figueira da Foz, de doença súbita, quando visitava uma casa na zona turística da cidade, disse fonte dos bombeiros.

De acordo com Jody Rato, comandante dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz, Jorge Coelho, de 66 anos, sentiu-se mal durante a visita a uma habitação na rua da Liberdade, na zona turística do Bairro Novo.

“A senhora que estava com ele ligou para o 112 e quando a nossa equipa chegou ao local ele estava em paragem cardiorrespiratória. Foram feitas manobras de reanimação mas não foi possível reverter a situação”, tendo o óbito sido declarado no local, adiantou o comandante.

Mais Notícias